hosting menu left
hosting menu right


Andorra

Olá,

 

Fica aqui então o relato destes 11 maravilhosos dias passados entre Mondim de Basto, Andorra e com regresso pelos Pirineus.

O destino de férias deste ano eram inicialmente os Alpes Suiços. Surgiu no entanto a troca de mota pelo meio e…..toca a realinhar a rota (não dá para tudo).  Lingua

Assim sendo, destino Andorra. Já em vários relatos tinha obtido a opinião que valeria a pena e tinham mais que razão.
A data de estadia em Andorra seria de 17 a 21 de Agosto com regresso pelos Pirineus. Surgiu por acaso, um convite de um amigo que já há alguns anos não via, para uma visita a Mondim de Basto para as festas da sua Aldeia. Assim, juntou-se o útil ao agradável.

 

Filme para quem não tem paciência para ler ou então apenas para completar:


Dia 15 (Lisboa - Mondim de Basto)

Saímos por volta das 10h00 da manhã e viagem sem grandes histórias exceptuando as longas filas de acesso à A25 (mudança de quinzena de férias e muitos emigrantes em movimento). Nada demais pois de mota….não se passa nada.
Chegada a Mondim pelas 15h00 debaixo de um calor infernal. Banhoca, descanso e aí vão eles para a festa. Tudo tranquilo. 

Este quadro de fundo para abrir o apetite  Wink



Dia 16 (Mondim de Basto e arredores)

Neste dia aproveitei para dar umas voltas pelas redondezas e ver locais que já há muito não via.


Passagem por Travassos


Esta ficou a olhar muito espantada (lindas estas Maronesas)


Mas depressa se fartou e virou costas


Rumo à Srª. da Graça


E as vistas


E finalizando o dia nas "Fisgas do Ermelo"


 

Depois descansar pois o dia seguinte iria ser cansativo. 

Dia 17 (Mondim de Basto – Andorra)

Deste dia nem quero guardar memória. Diria que neste dia

“Atravessámos o deserto para chegar ao Paraíso” (agora já sei como se sentiu Moises).  Labios fechados
Saímos às 06h20 da matina de Mondim para tentar escapar o máximo de tempo possível ao calor. Conseguimo-lo até cerca das 13h00 com 600Km já feitos. Os restantes cerca de 600Km foram feitos debaixo de uma temperatura de 41º. Um deserto autentico desde Burgos até Andorra. Meu deus. Eu a destilar e a Patrícia, coitada…com o Blusão de Inverno. Chegados a Ordino (Andorra) cerca das 19h30, encontrámos a estrada toda molhada. Tinha chovido. Ao chegar ao Hotel o funcionário perguntou-nos

“Vocês têm calor?”.   Zangado

Não respondi, sentei-me e fumei o meu cigarrito enquanto a Patrícia fazia o check-in.

De 18 a 21 (Andorra)

Ora bem, que dizer. FANTÁSTICO. Desde o Hotel às Paisagens, às pessoas….tudo 5*. 
O que era para ver estava delineado. Saem fotos:


Col d’Ordino (fabuloso)

 

Mertixel (e a sua Igreja)


Como no dia de chegada estava muito calor, não tirámos fotos da Paisagem à entrada de Andorra. Assim saímos e voltámos a entrar.


De regresso a Andorra, fomos a Naturlandia. Um espaço de lazer em que íamos experimentar o TOBOTRONC.


O que é o TOBOTRONC? É uma espécie de montanha russa mas controlada pelo condutor. Sentam-se dois num carrinho destes

 

São puxados cerca de 1 Km monte acima


E depois desce-se cerca de 5 Km. O condutor (passageiro de trás) tem os travões. Não filmei porque obviamente queria gozar mas deixo aqui um filme de alguém que o fez.
http://www.youtube.com/watch?v=bQ9KG-2SMK4

É cá uma adrenalina... Contente De “baterias” carregadas, monte com eles.

 

Monumento


 

E outro monumento


 

Ós de Civis


 

Paisagens

 

Um lago (não me recordo do nome mas lindo) 


 

Estradas fantásticas


Aproveitámos e visitamos o M2R (Museu de 2 Rodas). Das muitas relíquias, a que me chamou mais a atenção foi esta (onde foi parar a crenagem Hein)

 

O exterior do M2R

 

Mais estradas fantásticas


Estes andavam pelas estradas à solta


O caminho do Ferro em Ordino


Estas estátuas têm uma história. São 7 amigos que as ergueram e cada um deles mora num País diferente, Todos os anos juntam-se pela época do Natal em Ordino para confraternização. Não os coloquei todos pois não tinha mais rolo.


Arcalis (mãezinha do céu, fenomenal)


Este estava cansado (hora de Siesta) Grin

 

E este monumento para acabar

 


Dia 22 (Andorra – Pau(França) pelos Pirineus)

Este trajecto, segundo o Google Maps, seria à volta de 430Km e 7,5 horas de 
viagem. Saímos às 08h00 da manhã de Andorra….chegámos a Pau às 20h00 da noite. 12 horas de paisagens lindas mas….traseiro não sentia, mãos inchadas …cansados. Subidas e descidas desde 5 a 17% de inclinação, curvas a 180º…convenhamos, de LT, custa. Lingua Aqui não vou apitar. Ficam as imagens:


E quanto a mim uma das melhores fotos…


 

E chegada a Pau.

Dia 23 (Pau – Leon) Dia de brazeiro novamente. Esta etapa era relativamente curta mas mesmo assim não nos escapámos ao calor. 
Chegámos por volta das 15h00 a Leon, e toca a aproveitar e passear


“Cansado não é meu velhote?”


E visita feita.

Dia 24 (Leon-Gerês)

Trajecto ainda mais curto e bastante mais fresco. Este dia foi tirado só mesmo 
para descansar para a etapa final de regresso a Lisboa.


Dia 25 chegámos (não sem antes almoçar no Rui dos Leitões) por volta das 17h00 após 4300Km de moto vadiagem. 


Um abraço a todos e espero que tenham gostado,


website hosting main area bottom

Powered by Joomla!. Design by: template joomla 2.5  Valid XHTML and CSS.