hosting menu left
hosting menu right


Passadiço do Paiva e Castelo de Santa Maria da Feira

Agosto,

Mês de férias para muitos, para nós, de trabalho. Mas nada que nos impeça de nos por a caminho e aproveitar os dias mais longos e também mais quentes (quando o são).

Assim decidimo-nos por mais uma escapadela de fim-de-semana. 

A data: 14 a 16 de agosto.

Não se pretendia nada que envolvesse praias ou piscinas pois as temperaturas pelo que vimos nas previsões não eram animadoras. Decidimo-nos assim pelo passeio pedestre. 

Corria no Face a descoberta do ano: O passadiço do Paiva.

Soava a pouco pelo que nos decidimos visitar uns amigos em Matosinhos e jantar com eles para colocar a conversa em dia.
Após ver onde se situava o tal passadiço, tratámos do alojamento e a leitura de um blog ou outro de alguém que já o havia feito (ajuda sempre a não cometer os mesmos “erros”). No regresso iríamos aproveitar para ver o Castelo de Santa Maria da feira que ao que parece é dos mais bem mantidos. 

Assim o plano de atividades resumia-se a:

14 de agosto   
Partida após o trabalho (pelas 15h00) em direção ao Porto onde iriamos pernoitar nas Antas

15 de agosto   
Passadiço do Paiva com pernoita por Arouca

16 de agosto   
Visita ao Castelo de Santa Maria da Feira e regresso

Vamos ao relato

14 de agosto

Pouco há a contar acerca deste dia. Partimos pelas 15h30 e pela A1 até ao Porto foi sempre a aviar cartucho. Chegámos pelas 19h00 ao hotel. Foi deixar as malas e arrancar para Matosinhos onde os nossos amigos nos aguardavam. Jantar muito divertido com cavaqueira amena. O fim de noite chegou e com ela também a hora de descanso.  

15 de agosto

Acordámos cedo. Bem…cedo…era cedo para sábado. 08h30. Queríamos fazer o Passadiço pela manhã. Assim traçámos uma rota simples. Do Porto a Arouca evitando AE. Foi um pequeno passeio engraçado. Nada de especial. Apenas engraçado.
Algumas fotos do trajeto

 

Esta parte foi boa pelo cheiro fantástico a Eucalipto. Parecia Vick’s VaporUp à farta.

 

Rumo a Castelo de Paiva

 

Paz às suas almas

 

Curvas à maneira

 

Parece um cemitério mas felizmente não o é. São videiras.

 

 

Dia encoberto e fresco, tal como se quer



 

E chegados a Arouca. 

Em Arouca ficámos no Hotel São Pedro. Muito simpáticos e atenciosos. Como chegámos de manhã mas apenas podíamos fazer o Check In no período da tarde, pedimos para deixar os sacos de viagem no Hotel pois precisávamos do espaço de mala para deixar os casacos durante o passeio pelo passadiço. Sem qualquer problema. 5*.

O Hotel é muito agradável e muito moderno. Recomenda-se.

Fica o link para quem tiver intenção de o visitar.
http://www.hotelspedro.com/

Mota descarregada e rumo ao Passadiço do Paiva. 

A cerca de 13 Km de Arouca e estando neste momento na “berra”, a mota foi a opção mais inteligente pois as filas de carros estacionados ao longo das estradas era enorme e a circulação difícil. Estacionamento de mota? Sem stress.

O Passadiço do Paiva tem uma extensão de 8 Km. Pode ser feito com inicio em Areinho e fim em Espiunca ou o inverso. Lemos num blog de uma pessoa que já o havia feito e seguimos a recomendação dele. Fizemos de Areinho para Espiunca.
Para quem fazer pelo menos para um dos lados o Passadiço todo, recomendamos que de facto se faça neste sentido. Inicia-se o trajeto com uma subida de escadas brutal (cerca de 30 minutos sempre a subir) mas do lado oposto em sentido contrário são muito mais.

Demorámos 3 horas a fazer o passadiço. Valeu a pena mas em nossa opinião, a subida e descida das escadas torna-se desnecessária pois lá em cima nada se vê de diferente ou que valha a pena a escadaria.
Dou agora aqui a minha opinião: Começar em Espiunca a fazer o passadiço até ao inico da escadaria. Daqui, voltar atrás. É a parte mais bonita.

 

Inicio




A escadaria vindo de Areinho (a mais “soft”)

 

Do cimo do monte



 

A escadaria depois de descida



 

Agora já te ris


 

Paisagem









 

É diferente em cada estação do ano e com mais caudal de água deve ser lindíssimo





 

E ao final de 3 horas chegámos a Espiunca. O Rio Paiva visto da Ponte

 

O regresso a Areinho foi feito de Taxi. Em números redondos, 20€. Vale-os bem.

Regresso a Arouca para o Hotel e um banho merecido. Ao final da tarde, uma volta por Arouca.

Praça Central


 

O Mosteiro


 

Uma relíquia


 

Ao passear vimos uns cartazes a anunciar o desfile de diversos Ranchos folclóricos a decorrer ao fim de tarde. Porque não.








 

Cada Rancho que passava ia andando e tocando. No fim vinha este

 
 

E não mais se ouviram os outros. Percebe-se porque vinham no final. É tipo o 0 (zero) numa multiplicação: é o elemento absorvente pois elimina todos os outros.

O jantar foi no restaurante “O Parlamento”. http://www.parlamento.aroucanet.com/

Especialidade da Terra: Posta Arouquense ou Vitela no forno.
Fomos pela Vitela no forno….Ui….Ui.
Como sobremesa: Morcela Doce..aquecida….Ai…Ai….

Recomenda-se.

Desmoer o jantar e ÓÓ.

16 de agosto

Voltámos a arrancar cedo….para um domingo. Pelas 09h30.

Nacional até Santa Maria da feira para visitar o Castelo. 

Vick’s VaporUp de novo

 

Chegada a Santa Maria da Feira com avistamento de Castelo

 

Havíamos combinado com um colega de trabalho tomar um café em Santa Maria da Feira. Sendo de perto, não os obrigamos a visitar o Castelo pelo que marcámos para mais tarde o dito café.

Praça central

 

Subida para o Castelo


 

Novamente tecnologia e história encontram-se

 

E visita ao Castelo. Em nossa opinião valeram os 3€ de entrada por pessoa pois encontrava-se muito bem mantido.







 

Depois de visitado o Castelo, encontrámo-nos com o tal colega e sua esposa e ao sabor de uma fogaça e um cafezito pusemos a conversa em dia.

O dia estava a fechar pelo que nos pusemos a caminho de regresso a casa.
AE com eles e chegámos a casa sãos e salvos mas não sem antes levarmos com uma chuvita para despedida.

O que dizer…fim-de-semana diferente e por locais bonitos. O Passadiço fez-se bem e não deixou mossas, ou seja, não ficou a doer nada (que é bom para quem pouco ou nada faz).

Fica aqui mais um relato de um passeio. Foi bom.

Até à próxima,

Patrícia e João


website hosting main area bottom

Powered by Joomla!. Design by: template joomla 2.5  Valid XHTML and CSS.