hosting menu left
hosting menu right


Um dia na Praia fluvial de Constância

 

 

Um dia como este é de facto aquilo que dá gosto em estar vivo. Já no ano passado havíamos tentado nos juntar mas por este ou aquele motivo não se proporcionou. Este ano voltámos a tentar e…VOILÁ….aconteceu. smiley

 

E que é que aconteceu? Amigos juntaram-se e fizeram de um dia normal um dia fabuloso.

O plano para o dia era simples: Banho no Zêzere com Pique Nique pelo meio e motovadiagem.

 

Responderam à chamada:

Beta e Pedro

Rute e Luís

Pedro e Cláudio

Alexandre

Jorge

Patrícia e João

 

Os que não puderam participar foram lembrados e devem ter passado um Sábado com as orelhas (e não só) quentinhas.

 

Ora então combinámos como ponto de partida no estacionamento do Mac do Campera. Daqui seguíamos até à Valada e depois junto ao Tejo até ao Castelo de Almourol para apenas vê-lo da margem oposta. Depois, praia fluvial de Constância para uns banhos e por a conversa em dia. Quem nos conhece o grupo sabe que não demora muito para a conversa descambar.  

 

Vamos por partes:

Eu cheguei às 08h30. Ninguém. Comecei a pensar que tinha dado mal as indicações de encontro. Às 08h40 chega o Pedro e a Beta. Ufa, afinal não me enganei. Chegou a Rute e o Luís. Comecei a dizer mal dos que faltavam. Depois queriam Café. Perguntámos à menina do Mac a que horas abriam. Respondeu que só abriam às 11h00. Disse também no seu sotaque brasileiro:

 

“Moço, não sei se sabem mas há uma turminha de moto do outro lado.”

 

Fui ver e….lá estavam os mal estacionado ao Sol e a queixarem-se do Calor. Pois é, ler superficialmente dá nisto. Mas estavam lá que era o que interessava. Estávamos todos (os que participaram).

 

Pelas 09h00 estava tudo a postos para arrancar quando a mota do Luís teimou em tossir, tossir e nem por nada quis pegar.

 

Toca a desmontar a mota do Luís, sacar dos cabos de encosto do Alexandre e dar um encosto com bateria da mota do Jorge que pela maneira como a mota dele pega, já precisava de um pacemaker.

 

Mas lá pegou a mota do Luís e toca a montar de novo. Mas eis que a do Jorge agora pegou o resfriado e  também tosse, tosse mas….pegou.  É desta. Vamos antes que a tosse se pegue.

 

Chagados à Valada, receios houve em desligar motas e até propuseram deixá-las a trabalhar durante a paragem. Mas enquanto cabos e baterias houvesse, não havia tosse que metesse medo. Desligaram-se e não mais tossiram.

 

Na Valada, tempo para fotos e café pois já me haviam enchido os ouvidos pelo ponto de encontro não haver café.

 

As “tropas” a aquecer a língua

 

E eu como atleta que sou aproveitei para esticar as pernas. Apanharam-me na foto em pleno sprint

 

O Pedrito só perguntava “Quando chegamos?”

 

Fotos “delas” e redondezas


E uma esplanada com uma vista lindíssima.

 

Maravilha.

 

E logo começaram com conversas em que a “carapuça” me serviu.

 

Já chegava de tanta conversa pois o objectivo era banhos em Constância. A caminho.

 

Todo o trajecto havia sido planeado ser feito por estradas pouco movimentadas para não sentir tanto calor (calhou cheeky ).

 

Sempre a andar…sempre a abrir….a 70 Km/h

 

E passagem por Santarém

 

E tudo com cara de “Falta muito?” Aguentem respondia eu. Aguentem.

 

Grande foto Patrícia

 

E chegado ao Miradouro do Castelo de Almourol. O calor já era tanto que só parte da “tropa” o foi ver...o Castelo.

 

Esta foi a “tropa” que foi…ver o Castelo

 

E já que os “Maomés” não foram à Montanha, até tentámos levar “a montanha aos Maomés”

 

mas era a modos que para o pesado e não deu.

Como dizem os “Avec’s”…On i va…(ou coisa que o valha).  Já estavam todos a bufar…

 

Praia fluvial à vista….

 

E chegada

 

Tempo ainda houve para arranjar o tubo de gasolina da mota do Alexandre…

 

…e fotos de banho não há pois estava muito calor. Ficam as do “comes e bebes” e da má lingua. Foi pouco bom foi…

 

Foi um dia espetacular e refrescante. Muito bom mesmo. Nem apetecia sair de lá com o calor que estava. O remedio para alguns foi molhar a T-Shirt, para outros o blusão da mota e para outros….como para o Alexandre….foi vestido e tudo para dentro de água (g'anda maluco) laugh .

 

Para terminar o dia…uma surpresa inesperada. Um convite para uns geladinhos em Fetais que prontamente aceitamos. Mas não foram só gelados. Foi serviço completo. E como foi completo.

 

Os geladinhos….11 variedades e qual delas a melhor.

 

Foi um dia em cheio. No final, já bem pela fresca, arrancámos de Fetais (menos a Rute e o Luis, claro) rumo a casa.

 

Que dia fantástico. Estava a precisar de um convívio destes para “respirar”. Adorei.

 

Fica aqui uma foto incompleta dos participantes deste dia.

 

Esperemos pelo próximo.

Um beijinho e um abraço respectivamente.



 


website hosting main area bottom

Powered by Joomla!. Design by: template joomla 2.5  Valid XHTML and CSS.